Baixa Autoestima e Insegurança, como lidar?

Primeiro, é importante voltarmos à infância, pois, antes de termos influencias de educadores, crianças parecem ter uma boa autoestima. Elas falam alto, tocam nos seus corpos, se lambem, mostram o cocô para os pais, enfim, sentem curiosidade pelo mundo que as cercam. Para se inserir na vida adulta, as crianças vão emprestando os olhos dos pais neste processo.

A medida que vão se desenvolvendo, os pais começam a impor e exigir a seus filhos, o mesmo tipo de exigência que eles impõem a si mesmos. Pais acolhedores e amorosos são hábeis, sábios e pedagógicos., pais implacáveis consigo mesmos são duros, rígidos e controladores. A partir disso, a criança vai guardando a auto-imagem positiva ou negativa, amorosa ou ditatorial. Como se ela fosse merecedora de punição ou de amor. Além dos nossos pais, todas nossas outras interações sociais (com professores, colegas de sala, vizinhos) e experiências nos marcam consciente ou inconscientemente.

A baixa autoestima também está ligada à insegurança e nossa autoimagem.

Existem três tipos de distorção da autoestima:

  • Exagero: sensação de que tudo o que você faz é muito bom e está sempre perfeito.
  • Deficiência: você vê menos do que você realmente é ou faz, sensação de que tudo o que você faz não é suficiente, pois tem uma excessiva autocrítica de si mesmo.
  • Mente turva: quando você não reconhece tudo o que faz ou tem, é como se existisse um filtro que te deixasse cego.

MAS ENTÃO, COMO MELHORAR A AUTOESTIMA E AMENIZAR A INSEGURANÇA?

Identifique o que te assombra, quais são seus medos, seus traumas passados, observe seus pensamentos, os julgamentos que faz de si mesmo e suas crenças. Muitas pessoas até conseguem enxergar o que as afligem, mas por terem medo de sair da zona de conforto e se sentirem desprotegidas, acabam não avançando para a próxima etapa. Enfrente o que te incomoda, se você não mostrar para seu cérebro que está tudo bem, ele vai continuar tentando te proteger de situações que acredita que podem te causar riscos e com isso, você continuará no seu quarto com as mesmas inseguranças. Nossos medos geralmente estão ligados à uma situação que ainda não ocorreu, por exemplo, você acredita que se sairia muito mal em uma entrevista e por isso, sempre desmarca, ou até mesmo nem avisa que desistiu de se apresentar, a partir de hoje controle seus pensamentos em relação a isso, faça perguntas a si mesmo, como: o que poderia ser tão ruim? Por que seria ruim? O que você poderia fazer caso o que você tema aconteça? Como vai se sentir em um mês ou um ano após o ocorrido? Perguntas deste tipo, irão te trazer para a realidade pois, mesmo que algo ruim aconteça, ou seja, que você não seja aprovado na entrevista, por exemplo, provavelmente não acontecerá algo ‘’monstruoso’’ que o seu cérebro costuma criar. Pense em como você pode melhorar sua autoestima para se sentir mais confiante para enfrentar seus medos, alguns passos podem te ajudar:

  • Ser parceiro de si mesmo. Procure proporcionar experiências boas para você, saia com pessoas que você gosta, enfim, faça coisas que te agrade.
  • Confie em você. A confiança é um processo. Quando confiamos em alguém, esta pessoa nos provou que é capaz de fazer algo bem feito ou guardar segredos, por exemplo. Então, você deve fazer o mesmo consigo, cumpra as promessas que faz a si mesmo.
  • Compaixão. Sabemos que é muito fácil gostar dos outros e de nós mesmos quando estamos vencendo. Tenha carinho consigo mesmo nos dias difíceis, tente não se julgar e se criticar tanto.

A autoestima é a construção de um relacionamento saudável com nós mesmos, precisamos de mais empatia com nossas necessidades e mais aceitação com nossas dificuldades.


Postagens relacionadas

O que é a Síndrome do Impostor?

Você já se pegou pensando se merece o que faz ou tem? Quando...

O sentimento de ser ignorado: o que realmente poderia significar

Você já se sentiu ignorado? Provavelmente, sim – todos nós temos uma vez...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Add Comment *

Name *

Email *

Website

X